Pão de queijo: você conhece esta comida brasileira?

O pão de queijo é um produto brasileiro típico feito basicamente com farinha de mandioca e queijo. Não contém glúten, conservantes ou corantes.

É um produto muito versátil e pode ser consumido no café da manhã, em pequenos lanches ou como aperitivo. Pode ser combinado com recheios doces e salgados, conforme o seu desejo.

O pão de queijo é macio e saboroso e fica ainda mais gostoso servido quentinho.

Sabia que agora você pode encontrar o pão de queijo brasileiro feito aqui na Itália?

Nós da Forno D’Italia produzimos nosso pão de queijo seguindo a receita original brasileira, mas usando ingredientes italianos de alta qualidade, explorando a paixão dos italianos pelo queijo, assim como sua variedade e excelência. Imagine o sabor do Brasil na sua mesa junto aos melhores queijos do mundo!

Muitos italianos chegaram ao Brasil trazendo amor pela arte culinária, da mesma forma, a Forno D’Italia quer compartilhar essa iguaria muito popular no Brasil com o mundo, pois ela pode ser bem adaptada e degustada por diversas culturas mantendo a essência de seu preparo artesanal e a experiência que só uma receita familiar pode proporcionar.

O que é o pão de queijo?

Os ingredientes do pão de queijo são: farinha de mandioca, ovos, sal, óleo vegetal e queijos. Ele tem uma consistência macia, podendo apresentar pequenas variações nos ingredientes e no tipo de queijo. Seu nome se deve à semelhança com o pão comum e não por seus ingredientes, pois não é feito com farinha de trigo ou fermento.

O óleo de girassol, que utilizamos na fabricação do nosso pão de queijo, dá a textura macia da massa. Ele é rico em vitamina E e, portanto, um excelente antioxidante. O ovo, por sua vez, dá cor e sabor. Por fim, a natureza do queijo fica a critério de quem prepara, sendo o ingrediente mais marcante desse petisco.

Como surgiu o pão de queijo?

A origem do pão de queijo é incerta na história da culinária brasileira. Não se sabe exatamente quando essa saborosa iguaria surgiu, mas os primeiros registros de sua feitura datam do século XVIII.

Ele nasceu em Minas Gerais, uma região com tradição em produção de leite e seus derivados como queijos e doces. Naquela época, havia carência de farinha de trigo, a qual, por isso, precisava ser importada. Isso a tornava cara. Assim, por ser um produto local, a mandioca se tornou muito popular nas cozinhas das fazendas e passou a ser uma importante base alimentar. Já o queijo curado, um queijo endurecido que sobrava da produção das fazendas, foi outra grande contribuição para o surgimento das primeiras receitas de pão de queijo.

A partir dos anos 50, com o desenvolvimento da indústria de alimentos, principalmente a de congelados, o pão de queijo se aprimora e alcança todo o país, tornando-se rapidamente uma paixão nacional.